Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

O Poeta Erótico

b0389ebdb29bc338017a3885b1674369.jpg

 

 

De óculos ela pertence
ao mundo em chamas
sem óculos ela mergulha
nas noites cálidas

os braços são das estrelas
a boca é da lua
o corpo é das praias
o cabelo das nuvens

os dedos das marés
a língua dos peixes
as nádegas das pedras
a barriga do amor

a vagina do ódio
os olhos do infinito
as mãos do gato
os seios do poema

a silhueta suave
projectada na parede
pela luz do candeeiro
despedaça-me

 

 

 

(imagem infelizmente retirada da Internet)

8 comentários

Comentar post

Arquivo

Em destaque no SAPO Blogs
pub