Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

O Poeta Erótico

photo-1541050386888-18ff121d40bd.jpeg

 



E quanto mais combusto mais me perco

na curva perigosa do teu seio
e quanto mais te cubro mais me aperto
sentindo em ti rasgar-te toda ao meio

e quanto mais penetro mais te habito
na escura cela húmida cor de rosa
e quanto mais me sugas mais aflito
mais boca menos boca apetitosa

e quanto mais adio o final grito
se vai tornando a luta dolorosa
no cúmulo do aperto onde te agito

e quanto mais activa mais expedito
no êxtase vibras fêmea langorosa
e quanto mais me beijas mais levito

 

14 comentários

Comentar post

Arquivo

Em destaque no SAPO Blogs
pub